Conexão Xalingo – Blog

Tag - livros para professores

5 dicas de leitura para trazer mais interação às suas aulas

Manter-se em constante atualização sobre metodologias de ensino, novidades educativas e inovações, é muito importante para quem ensina. Por isso trazemos 5 dicas de leitura para que você, professor(a), leve mais interação às suas aulas. Confira!

A seleção, feita pela Débora Garofalo, inclui a importância de inovar práticas, aplicação de aulas gamificadas interativas, integração em redes sociais na vida e na rotina escolar, entre outros assuntos. O melhor é que todos os conteúdos estão disponíveis e as leituras são gratuitas.

1) Facebook para educadores

Escrito por Linda Fogg Phillips, Derek Baird e BJ Fogg, o guia pretende inspirar professores a aproveitar o potencial da rede social na Educação, trazendo a possiblidade dos estudantes apresentarem ideias e aprenderem de forma colaborativa. O material está estruturado em torno de sete maneiras que os educadores podem utilizar para integrar essa ferramenta na rotina escolar.

Acesse aqui.

2) Gamificação na Educação

Publicado pela editora Pimenta Cultural, o livro aborda conceitos, questionamentos e aplicações da gamificação na Educação, que traz dez sessões escritas por diferentes especialistas na área, sob o olhar de motivar e tornar aulas mais interativas.

Acesse aqui.

3) Por que os educadores precisam ir além do Data Show

Esse e-book foi desenvolvido pela Geekie e aborda caminhos para promover uma maior integração entre educação e tecnologia no processo de ensino aprendizagem, traçando um panorama na Educação, apontando a necessidade de inovar as práticas, colocando o estudante no centro do processo de aprendizagem.

Acesse aqui.

4) Tecnologias na escola – Como explorar o potencial das tecnologias de informação e comunicação na aprendizagem

Esta é uma iniciativa do Instituto Claro e o Fronteiras do Pensamento, que reúne possibilidades de desenvolver atividades com os alunos, incorporando a tecnologia no processo cognitivo. O material aborda diversos aspectos, como vídeo, áudio, blogs, redes sociais, jogos e simulações – permitindo ao educador se inspirar e colaborar com educadores que desejam inovar em sala de aula.

Acesse aqui.

5) Recriando a Educação – Transformando sistemas educacionais

O material foi elaborado pelo GELP (Global Education Leaders’ Program) e apresenta reflexões e experiências sobre os processos de inovação e transformação e foi lançado em português com a parceria da Fundação Telefônica Vivo. Entre os diversos tópicos apresentados, destaque especial para a transformação da Educação e a construção de um novo ecossistema de aprendizagem e escalabilidade.

Acesse aqui.

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube.

Fonte:
https://novaescola.org.br/conteudo/18092/5-leituras-gratuitas-para-inspirar-voce-a-trazer-mais-interacao-para-sua-aula

5 livros sobre educação para você ler nessas férias

O período de férias é muito bom para colocar a leitura em dia. E se o seu interesse é ler livros sobre educação, confira essas dicas que selecionamos para você.

Livros que falam sobre experiências e processos educativos no Brasil e ao redor do mundo, que podem auxiliar professores e coordenadores a compreenderem mais sobre as dificuldades e ações educativas dessas regiões.

1) Eu Sou Malala – Malala Yousafzai e Christina Lamb

Livro desenvolvido após o atentado contra a vida de Malala, narrando sua luta para que mulheres possam ter acesso à educação no Paquistão, proibida desde 1996, quando o Talibã assumiu o governo do país, destruindo diversas escolas femininas. Professores podem aproveitar as informações desse livro para desenvolverem o senso crítico em relação às culturas radicais do oriente, e como elas afetam a vida das pessoas, atingindo aquilo que em nosso país é considerado básico ou normal.

2) Itinerários pela Educação Latino-Americana: Caderno de viagens – Rosa María Torre

Auxilia a entender como funciona a educação básica nos diversos países da América Latina, podendo comparar situações, ideias e soluções para as adversidades presentes no ensino brasileiro. Desta forma, professores podem ter parâmetros educacionais, verificando  situações semelhantes e suas reações. Coordenadores podem ter uma perspectiva mais ampla da educação da América, identificando a resolução de problemas básicos.

3) A Organização do Currículo por Projetos de Trabalho: O conhecimento é um caleidoscópio – Fernando Hernández e Montserrat Ventura

Traz experiências realizadas numa escola da Espanha, com o intuito de testar o uso de Projetos em sala de aula, para agregar mais experiência à Aprendizagem Significativa, através de atividades que vão conduzir o aluno a compreender os itens estudados e da Globalização (ensinando o aluno a aprender). É válido para muitos professores e coordenadores, trazendo ideias e parâmetros para inovações na escola, compreendendo como montar esses projetos, quais riscos assumir, como avaliar a aprendizagem e comparar  resultados com outras formas de ensino.

4) O trabalho Docente: Avaliação, valorização, controvérsias – Bernadete A. Gatti

Traz parâmetros para a valorização do professor enquanto agente de transformação intelectual e social, contestado os parâmetros básicos de avaliação docente (cargos, salários e notas). Entende que a correta avaliação de um professor deve ser feita através de sua formação e das capacidades aplicadas para o desenvolvimento dos alunos. Conclui que um docente deve ser valorizado pelo seu trabalho e comprometimento com educação. Uma importante leitura para situar docentes e coordenadores na questão da falta de valorização, mostrando que a escola é como uma empresa, sendo importante pensar na valorização pessoal do professor.

5) Educação 3.0: Aplicando o Pdca Nas Instituições de Ensino – Rui Fava

Busca soluções para o ensino na era da conectividade, trazendo ferramentas para que a escola desenvolva planos de ação docente organizados para a sala de aula. Utiliza o Ciclo Pdca, uma importante ferramenta da Administração, onde escola e docente devem:

– Planejar (Plan) as ações docentes, incluindo o máximo de informações e situações possíveis;

– Fazer (Do) o planejado;

– Checar (Check) o planejamento com a realização, verificando os pontos que necessitam de melhorias;

– Agir (Action) realizando as mudanças verificadas, visando melhorias nos processos;

– Professores e coordenadores podem aplicar essas ferramentas em sala de aula, visando um maior aproveitamento das ações docentes e o desenvolvimento do aluno.

Gostou das dicas? Então comente abaixo!

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCEu_wTApB06msiH5SXQ-JRg

Fonte: http://replay4.me/blog/8-livros-sobre-educacao-para-todo-professor-ler-nessas-ferias/