Conexão Xalingo – Blog

Tag - jogos olímpicos

As Olimpíadas em sala de aula

As Olimpíadas são o maior evento esportivo realizado no mundo. Na última edição, realizada em Londres, mais de 10 mil atletas, de mais de 200 países, disputaram medalhas em 36 modalidades. A cada 4 anos dos jogos, novos recordes são batidos, novas surpresas surgem e momentos tornam-se, para sempre, inesquecíveis. Muito além do esporte, a festa olímpica marca também fatos importantes para a história mundial, como a Olimpíada de Berlim, em 1936, com a qual Adolf Hitler buscou demonstrar superioridade do povo alemão, mas que teve como mais célebre medalhista o atleta negro, Jesse Owens, dos EUA. Pode-se falar, também, dos jogos de Munique, em 1972, com episódio lastimável entre palestinos e israelenses, ou então Moscou, em 1982, que sofreu boicote de vários países, entre eles os EUA, por causa da Guerra Fria.

Abordar o assunto, em sala de aula, é uma grande oportunidade educativa. Segundo Kátia Rubio, professora e especialista em psicologia do esporte, a Olimpíada é um tema transversal, porque se apropria de muitos outros assuntos de interesse além do esporte. Ela lembrar que os jogos começaram a ser disputados ainda na Antiguidade, na Grécia. Da mesma forma, a apresentação das delegações na cerimônia de abertura é um riquíssimo painel da nossa diversidade cultural, mostrando os valores e tradições de cada país. E quando abordamos os limites de cada esporte e os efeitos do doping, estamos falando de processos biológicos. Ela usa o termo “educação olímpica” para descrever a experiência, e tem até um livro sobre o assunto.

Na prática, as Olimpíadas podem ser aplicadas em diversas matérias. Alunos do Fundamental II e do Ensino Médio podem acompanhar conceitos de física, como velocidade, inércia, tração, impulsão apenas assistindo às provas de atletismo. Para o professor de matemática Guilherme Messias Pereira Lima, os jogos olímpicos trazem um mundo de exploração, desde noções básicas de estatística, ao analisar o quadro de medalhas, passando pelo princípio de contagem, noções de geometria, como ângulos e unidades de medida. Alguns colégios particulares de São Paulo estão aproveitando o período olímpico para introduzir novos esportes, como ginástica rítmica e artística, judô e até esgrima, nas aulas de educação física. Segundo o professor Cleber Pereira da Silva, do Colégio Santa Maria, no Jardim Marajoara, na zona sul da capital paulista, com estas modalidades é possível trabalhar habilidades motoras das crianças e também o respeito e a lealdade nas competições.

Também no Colégio Santa Maria, há um projeto em que as crianças terão de criar um “Jogo Olímpico”. O exercício é feito junto com as aulas de Português, uma vez que os alunos precisam fazer um texto para apresentar os objetivos e as regras dos jogos. Além destes exemplos, existem outros que abordam os esportes olímpicos e até mesmo os Paraolímpicos, que tornam-se um grande aprendizado de empatia e compreensão.

 

Exemplos de planos de aula com o tema olímpico

Está sem ideia de como aplicar as Olímpiadas em sala de aula? Então confere esses exemplos que trazemos para você:

 

Arremesso de peso

Utilize a prova de arremesso de peso para o preparo de uma aula sobre ângulos para seus alunos, abordando enfaticamente os ângulos com mais de uma volta.

 

Provas rápidas do atletismo e da natação

Os recordes obtidos nessas modalidades são um ótimo ponto de partida para comparações entre o sistema métrico (de base 10) com o de contagem de tempo (de base 60). Considerando que 1,5 minuto equivale a 90 segundos e 1,5 metro a 150 centímetros, por exemplo, é possível formular questões e problemas correlacionando as medidas.

 

Atletismo e natação

Ao mostrar que muitas competições são decididas por meros milésimos de segundo ou milímetros, o você pode elaborar um plano de aula sobre notação científica e potências de 10.

 

 

Fontes: Educar para Crescer e Estadão