Conexão Xalingo – Blog

Tag - geometria

Você já brincou de pipa? Então saiba que ela também pode ensinar

Professora utiliza pipa como estratégia para engajar os seus alunos nas aulas de geometria.

Rosângela da Glória de Almeida Yamahita dá aulas no Colégio Santa Dorotéia, em Brasília/DF, para alunos de 9º ano. E certo dia, os estudantes deram a sugestão de terem uma manhã para soltarem pipa. A professora então começou a pensar uma maneira de como utilizar a brincadeira no ensino de conceitos matemáticos. Ela realizou pesquisas na internet e teve a ideia de utilizar a pipa para ensinar trigonometria, teoremas de Pitágoras e simetria, além de outros assuntos.

Com o nome de “Pipa no Ar”, o projeto visa trabalhar os aspectos teóricos e explicar algumas fórmulas. Em seguida, Rosângela buscou contextualizar a turma, desmontando uma pipa para mostrar a sua estrutura. Também se utilizou desse momento para relembrar conteúdos, tais quais como o perímetro. Após algumas pipas finalizadas, os estudantes tiveram de trabalhar toda a parte de geometria, com as medidas e cálculos.

No final do trabalho, os alunos puderam trocar pipas com os colegas e brincar. Rosângela também aplicou uma pequena avaliação e percebeu que cerca de 90% dos estudantes conseguiu compreender esse conteúdo e, acredita que, se não tivesse desenvolvido uma aula prática, 60% dos alunos teriam apresentado alguma dificuldade.

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube.

Fonte: http://porvir.org/professora-resgata-tradicao-usa-pipa-para-ensinar-geometria/

3 jogos para introdução da geometria

Parte do cotidiano dos alunos, a geometria é um dos conceitos matemáticos mais importantes na educação. E para auxiliar você, professor, a ensinar sobre as propriedades de cada uma das figuras geométricas básicas, trazemos 3 dicas de jogos que podem ajudar na introdução sobre conceitos como simetria, área e volume de formas geométricas. Confira!

Azulejo de formas
Neste jogo, as crianças terão que organizar blocos de modo que cubram uma forma destacada. O objetivo é treinar a composição de formas bidimensionais a partir de blocos poligonais. Acesse para saber mais: https://novaescola.org.br/conteudo/6833/azulejo-de-formas

Um momento de reflexão
Utilizando tijolos para construir uma figura simétrica, esse jogo vai auxiliar as crianças a compreender as noções de simetria. Saiba mais: https://novaescola.org.br/conteudo/6818/um-momento-de-reflexao

Medidas de área
A proposta deste jogo é que a turma utilize unidades quadradas de diferentes maneiras. Em um dos desafios, o número de quadrados fornecidos não é suficiente para cobrir o retângulo. Assim, os estudantes precisam estudar sobre o conceito de área. Saiba mais sobre o jogo: https://novaescola.org.br/conteudo/6835/eleve-ao-quadrado

Obs.: Para utilizar os jogos, é necessário cadastro no site da Revista Nova Escola.

Fonte:
https://novaescola.org.br/conteudo/9132/jogos-para-introduzir-conceitos-de-geometria-aos-alunos

Uma forma inusitada de ensinar geometria

Professora utiliza pipa como estratégia para engajar os seus alunos nas aulas de geometria.

Rosângela da Glória de Almeida Yamahita dá aulas no Colégio Santa Dorotéia, em Brasília/DF, para alunos de 9º ano. E certo dia, os estudantes deram a sugestão de terem uma manhã para soltarem pipa. A professora então começou a pensar uma maneira de como utilizar a brincadeira no ensino de conceitos matemáticos. Ela realizou pesquisas na internet e teve a ideia de utilizar a pipa para ensinar trigonometria, teoremas de Pitágoras e simetria, além de outros assuntos.

Com o nome de “Pipa no Ar”, o projeto visa trabalhar os aspectos teóricos e explicar algumas fórmulas. Em seguida, Rosângela buscou contextualizar a turma, desmontando uma pipa para mostrar a sua estrutura. Também se utilizou desse momento para relembrar conteúdos, tais quais como o perímetro. Após algumas pipas finalizadas, os estudantes tiveram de trabalhar toda a parte de geometria, com as medidas e cálculos.

No final do trabalho, os alunos puderam trocar pipas com os colegas e brincar. Rosângela também aplicou uma pequena avaliação e percebeu que cerca de 90% dos estudantes conseguiu compreender esse conteúdo e, acredita que, se não tivesse desenvolvido uma aula prática, 60% dos alunos teriam apresentado alguma dificuldade.

Fonte: http://porvir.org/professora-resgata-tradicao-usa-pipa-para-ensinar-geometria/