Conexão Xalingo – Blog

Tag - cães em sala de aula

Esta escola criou um projeto pedagógico sobre respeito aos animais

Depois que dois cães foram adotados, esta escola resolveu que era o momento de conscientizar os seus alunos sobre a importância de respeitar os animais.

Localizada em Recife/PE, a Escola Municipal de Tempo Integral Antônio Heráclio do Rego adotou dois cachorros que viviam em situação de rua e colocou no currículo escolar o projeto pedagógico “Cãolega”, que conscientiza os alunos sobre a importância de respeitar os animais.

A ideia surgiu depois da adoção dos cães Júlia e Júlio. A presença de ambos, somada à resistência de algumas mães em aceitá-los no ambiente escolar, levou a diretora a criar o projeto.

Projeto Cãolega

Temas relacionados ao respeito aos animais e ao meio ambiente passaram, então, a ser trabalhados em sala de aula. Após o início do projeto, os cerca de 350 alunos da instituição foram incentivados a apresentar trabalhos sobre o assunto.

De acordo com a administração do colégio, a convivência dos alunos com os dois cachorros, que são vacinados, vermifugados e acompanhados por médicos veterinários, fez com que as crianças amadurecessem e desenvolvessem noções de responsabilidade, além de terem melhorado o desempenho escolar deles e a convivência com os colegas.

O convívio com Júlia e Júlio fez, também, com que vários estudantes se inspirassem na atitude da vice-diretora e decidissem adotar animais.

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube:  https://www.youtube.com/channel/UCEu_wTApB06msiH5SXQ-JRg

Fonte: https://www.anda.jor.br/2019/05/escola-adota-caes-inclui-respeito-aos-animais-no-curriculo

Uma fundação boa pra cachorro

Há alguns posts atrás, mostramos o diferencial que animais presentes em ambientes de educação e trabalho, podem levar aos estudantes e trabalhadores. Os benefícios são inúmeros, como diminuição do estresse, aumento da produtividade, pausas para relaxar, etc. E é em com estudantes dos primeiros anos das escolas que a Good Dog Foundation (fundação que utiliza o afeto e a sabedoria dos cães com finalidades terapêuticas) tem trabalhado para solucionar as dificuldades de aprendizado.

As escolas beneficiadas pela fundação estão em diversos países da Europa, como a Alemanha, além dos Estados Unidos. Nestes colégios, os cães já integram as salas de aula e os benefícios são vistos, principalmente, pelo sentido de confiança que crianças possuem na relação com os animais. Os estudantes que, por exemplo, têm dificuldades de leitura em voz alta e principalmente diante de uma plateia, costumam evoluir bastante ao ler para os pets. Essa confiança serve também como alento para a própria angústia que a dificuldade em aprender algo, muitas vezes aparece.

Muitas vezes, o próprio educador leva o cão para sala de aula. É o caso do professor de inglês, Keri Lauxman, que enfatiza que o animal é capaz de perceber o aluno em necessidade antes mesmo do próprio estudante, e sua presença acalma e une o grupo. Isso ajuda (e muito) a modificar intensamente o clima coletivo e individual da classe como um tudo. Além disso, há um senso de responsabilidade entre as crianças, pois é necessário que todos se responsabilizem pelo pet, oferecendo uma outra gama de aprendizado prático, que teoria nenhuma traria.

 
Fonte: Hypeness