Conexão Xalingo – Blog

Tag - astronomia

Uma forma fácil de conhecer outros planetas

Olhar para o céu e imaginar a imensidão do universo. Ou então desejar conhecer outros planetas e viajar pelo espaço. Quem nunca sonhou com isso? E é justamente essa admiração pelos corpos celestiais que inspirou os alunos da 1ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Osvaldo Aranha, de Novo Hamburgo/RS, a criarem lunetas através da utilização de lentes de óculos e também canos de PVC.

A atividade, coordenada pelo professor Valdir Boesel, que dá aulas de Ciência da Natureza, teve seu início em maio de 2017 e foi concluída em junho do mesmo ano. Primeiramente, os estudantes tiveram de realizar o cálculo para compreender a distância focal da lente, além de pintar os canos de PVC na cor preta, em seu interior e exterior. Para o processo, os alunos contaram com a ajuda de seus pais, como na construção do tripé. O professor salienta que foram utilizadas lentes de óculos com dois graus e também lentes de câmera fotográfica, possibilitando a visualização da lua e de planetas como Vênus e Júpiter.

Segundo Valdir, a atividade proporcionou o aprendizado de diversas matérias, como matemática, química e física. Para a aluna Talita Soares, de 17 anos e que faz parte dos 150 estudantes participantes do projeto, o resultado foi excelente, pois houve êxito na construção das lunetas, que funcionam muito bem.

Créditos da foto: Claucia Ferreira/GES Especial

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube:  https://www.youtube.com/channel/UCEu_wTApB06msiH5SXQ-JRg

Fonte: http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2017/06/noticias/regiao/2134618-lunetas-com-canos-de-pvc-aproximam-estudantes-da-lua-e-das-estrelas.html

Confira como esta matéria foi ensinada de forma diferente

Este professor resolveu ensinar astronomia de uma forma diferente. E o resultado foi ótimo. Confira!

Os alunos da Escola Estadual Maria Aparecida Félix Porto, sob a coordenação do professor Flávio Borges do Nascimento, estão aprendendo astronomia através de poesias. Sistema Solar, Cometas, Constelações, Estrelas, Planeta Anão, Stephen Hawking e Missões Apolo são alguns dos nomes dos poemas que compõem o livro “Astronomia em Versos: Um olhar dos anos finais para o ensino de Astronomia”, escrito pelos estudantes e publicado por uma editora independente, com custos bancados pela associação de pais e mestres da escola.

A proposta do professor é incentivar a autonomia do estudo e propor que os estudantes reflitam sobre o conteúdo ensinado. Eles deveriam pesquisar, aprender e transformar o conteúdo em uma outra linguagem. A poesia foi o gênero que se mostrou mais apropriado para os estudantes desta faixa etária.

“Não é algo revolucionário. É ouvir os alunos e tentar reproduzir algo novo, por mais simples que seja, mas que venha deles”, diz Nascimento.

Incentivo

post01

Para incentivar os alunos a se interessarem tanto por astronomia, quanto por poesia, Nascimento utiliza a preparação para a Olimpíada de Astronomia como chamariz.

Além disso, ele dá as aulas seguindo três passos: 1) ensinando o conteúdo de forma tradicional seguindo o livro didático e adotando apenas giz e lousa; 2) levando para a sala de aula instrumentos que demonstram na prática o que eles estavam aprendendo e 3) propondo que os alunos construíssem seus próprios instrumentos.

Um exemplo é o telúrio, uma maquete eletrônica que mostra a Terra, o Sol e a Lua orbitando. Com esse instrumento, ele ensina que a lua tem 29 fases, e não apenas quatro. Isso porque “fase” é a porção iluminada da Lua, que varia ao longo de um ciclo de 29,5 dias.

Créditos das imagens: Divulgação/Governo do Estado de SP

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube:  https://www.youtube.com/channel/UCEu_wTApB06msiH5SXQ-JRg

Fonte: https://g1.globo.com/educacao/noticia/2019/04/18/aulas-de-astronomia-viram-livro-de-poesia-de-alunos-de-11-anos.ghtml