Conexão Xalingo – Blog

Atividade para ensinar os limites do corpo

Cada vez mais vemos a importância de ensinar as crianças sobre os limites de seus próprios corpos e sobre quem pode, se necessário, tocar neles.

Desta forma, trazemos hoje uma dica de brincadeira para ensinar aos pequenos, de maneira lúdica, o que são as partes íntimas e também uma forma de iniciar a educação sexual desde pequenos.

PARA CRIAR A BRINCADEIRA, VOCÊ VAI PRECISAR DE:

– Papel
– Canetinha
– Adesivos em círculos nas cores verde, amarelo e vermelho
– Círculos de EVA nas cores dos adesivos

ANTES DE BRINCAR

– Ensine o que são as partes íntimas. É importante falar o nome real de cada parte, sem apelidos.
– Converse com as crianças sobre quem faz parte da “rede de segurança”. Geralmente são pai, mãe, avó, madrinha, entre outros familiares de confiança.
– Explique em quais ocasiões eles podem, se necessário, tocar em alguma das partes íntimas deles (banho, limpeza e troca de roupa, por exemplo).

HORA DE BRINCAR

– Desenhe um corpo em uma folha de papel.
– Peça que a criança vá colando as bolinhas de adesivo de acordo com a área, como no exemplo abaixo.
A vermelha: onde apenas ele ou a rede de segurança podem tocar
A amarela: nos locais que merecem atenção se tocados
A verde: nos locais em que o toque pode ocorrer

Nesta brincadeira, o que mais importa é a conversa, que deve acontecer de forma natural, lúdica e respeitando a idade de cada criança, sem pressionar.

Aproveite para ensinar sobre não guardar segredo, reforçando que a mamãe e o papai sempre vão querer saber de tudo o que acontece na vida do seu filho.

Se tiver dúvidas sobre como abordar esse assunto, busque na internet por dicas de profissionais (como psicólogos) que falam sobre o assunto.

Para ver a brincadeira em formato de vídeo, acesse o Instagram @diario_do_bernardo_

—-

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, nos siga no Instagram e curta a nossa página no Facebook.

—-

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *