Conexão Xalingo – Blog

Dicas para adaptações das aulas remotas e presenciais (parte 1)

Com a volta das aulas presenciais em muitos locais, são necessárias adaptações para que o ensino permaneça com qualidade e os alunos não sintam mais esta mudança. E nesta ideia, o ensino híbrido ganha cada vez mais espaço.

Especialista em educação inclusiva e certificado pelo programa Google Innovator, o professor Doug Alvoraçado defende a adaptação das aulas e atividades para ambos os formatos de ensino. “No presencial, existe a possibilidade estar ali com o aluno, já no virtual existe a facilidade de utilizar recursos ou jogos digitais. O professor precisa entender o que é melhor em cada formato. A partir daí, ele vai planejar sua aula em dois momentos”, diz.

Ele dá o exemplo de uma aula de ciências: você pode realizar uma experiência presencial com sua turma, preparar um determinado kit com materiais para os estudantes estudarem em casa ou realizarem uma gravação para visualizarem depois. E isso depende muito dos objetivos da sua aula.

E entender estes objetivos é também compreender os diferentes caminhos de aprendizagem que os alunos podem percorrer. “Dependendo da turma, o professor pode ter três tipos diferentes de alunos: o que está presencialmente na escola, o que está acompanhando a aula virtualmente e o que vai assistir mais tarde de forma assíncrona. A escola precisa decidir como ela vai ser organizar. Ela vai ter um professor dando aula presencial e outro virtual? Tudo isso precisa ser considerado”, destaca o professor.

– – – –

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube.

– – – –

Créditos da imagem: Freepik
Fonte: Porvir

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *