Conexão Xalingo – Blog

Estes professores foram divertidos para atrair atenção nas aulas online (parte 2)

Na postagem “Estes professores foram divertidos para atrair atenção nas aulas online (parte 1)” você viu exemplo de que os professores têm feito para buscar uma aproximação com os estudantes, durante as aulas à distância. Confira mais situações que estão acontecendo nesse período!

Tempo de preparo de aula fica maior

O tempo para preparar as aulas ficou maior: o conteúdo que, antes da pandemia, era ensinado apenas com giz/caneta e lousa passa a ser apresentado em slides, de forma mais condensada. “Para prepará-los, levo de 4 a 5 dias”, diz Manzi.

“Preciso correr atrás de imagens que substituam os desenhos que eu fazia. Também encontrei um programa que permite que eu apareça enquanto os slides estão sendo exibidos. É trabalhoso, mas está dando certo”, completa.

Wander Azanha, professor de física da Oficina do Estudante, em Campinas (SP), preferiu comprar uma lousa branca e pendurá-la em seu escritório. “Fica mais dinâmico. Alguns professores estão comprando as lousas digitais, mas os preços subiram muito durante a pandemia”, conta.

Outra preocupação a ser levada em conta, no preparo das aulas, é o tempo. Izidoro, por exemplo, precisa apresentar o conteúdo de 100 minutos em apenas 40. “O professor vira um roteirista. Elaboro um roteiro pré-aula, testo e vejo se está dando certo. Tento prever quais dúvidas os alunos terão, para não precisar aguardar o chat. É um trabalho diferente do que eu estava acostumado. Era só pegar o giz, que a coisa já acontecia”, brinca.

Compra de equipamentos e de ‘chroma key’

As casas dos professores viraram basicamente estúdios: cômodos receberam iluminação especial e até um varal com pano verde – uma espécie de “chroma key”. Essa técnica permite que, pelo computador, a cor sólida do fundo seja substituída por qualquer outra imagem.

“Já busquei uma foto de banheiro chique na internet e a coloquei como fundo. É um jeito de descontrair por alguns minutos e manter a concentração dos alunos”, diz o professor Izidoro. “Também brinco de colocar uma camiseta verde e fingir que estou desaparecendo.”

Já Tony Manzi preferiu comprar o “chroma key” para apresentar o conteúdo de biologia de um modo mais criativo. “Quero projetar imagens dos animais, das células ou das plantas”, diz.

E as compras do professor não pararam por aí. “Nas minhas primeiras aulas online, vi que a câmera tinha imagem embaçada, a falta de iluminação criava sombras e a qualidade do áudio não estava boa”, conta Manzi. “Fui atrás de uma ‘webcam’ melhor, de um microfone de lapela e de uma luz boa. Fiquei vendo como os ‘youtubers’ de game fazem. São investimentos para uma aula melhor”, diz.

Créditos da foto: https://revistapegn.globo.com/Banco-de-ideias/noticia/2020/03/ensino-distancia-ganha-impulso-com-suspensao-das-aulas.html

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube.

Fonte: https://g1.globo.com/educacao/enem/2020/noticia/2020/07/14/na-pandemia-professores-de-cursinho-dancam-cantam-e-mostram-cachorros-e-filhos-para-chamar-atencao-de-alunos-em-aulas-virtuais.ghtml

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *