Conexão Xalingo – Blog

3 dicas para os alunos não proscratinarem

A procrastinação é parte do ser humano, segundo estudos. Mas o excesso dela pode trazer dificuldades no aprendizado em sala de aula. Então confira 3 maneiras para incentivar os alunos a não procrastinar:

1) Espalhe os prazos

Os pesquisadores investigaram o impacto de três tipos de prazos para uma série de tarefas: espaçamento uniforme, autoimposição ou um prazo final único. No primeiro experimento, os alunos receberam três trabalhos e foram solicitados a entregá-los no final de cada mês, escolher seus próprios prazos ou enviar os três trabalhos até o final do curso. No segundo experimento, os alunos receberam uma tarefa – revisar três passagens – e enviaram suas tarefas semanalmente, no seu próprio ritmo, ou de uma só vez. Em ambos os experimentos, prazos uniformemente espaçados não apenas renderam um melhor trabalho, mas também diminuíram as chances de que os alunos perdessem seus prazos.

Qual orientação para os professores? Em vez de dar aos alunos um grande projeto com um único prazo, divida-o em tarefas menores, com prazos uniformemente espaçados. Peça vários rascunhos de um artigo, por exemplo. Em uma unidade de aprendizagem baseada em projeto, solicite aos alunos que apresentem seu progresso em momentos específicos. Isso pode ser especialmente útil para estudantes que estão paralisados ​​por grandes projetos – tornando cada parte mais gerenciável, você pode reduzir a ansiedade motivada por prazos intimidadores.

2) Ofereça retornos avaliativos como apoio

Os alunos com baixa autoestima podem relutar em apresentar o melhor trabalho se estiverem preocupados com críticas ou com medo de falhar. Evite dar um retorno avaliativo altamente crítico ou negativo, que pode ter a consequência não intencional de fazer os alunos se sentirem nervosos ou constrangidos. Os alunos também podem reagir mal aos comentários que parecem controladores; portanto, evite ser muito explícito sobre o que precisa ser corrigido. Por fim, seja cauteloso ao fazer comentários individuais diante de toda a turma – alguns podem se sentir desconfortáveis ​​e se desinteressar.

3) Ensine habilidades de gerenciamento de tempo e estudo

Um estudo de 2017 descobriu que muitos estudantes não possuem as habilidades metacognitivas de que precisam para poder estudar com eficiência, como a capacidade de agendar tempo suficiente para estudar ou saber quando pedir ajuda. Muitos participantes do estudo ficaram surpresos quando suas pontuações iniciais foram mais baixas do que esperavam – eles não tinham uma noção de como estavam preparados. Eles foram incentivados a planejar com antecedência um próximo teste e foram mostrados exemplos de como eles poderiam se preparar. Os resultados foram significativos: em comparação com os colegas, os alunos que participaram das atividades metacognitivas obtiveram nota um terço mais alta, em média.

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube.

Fonte:
https://porvir.org/como-ajudar-os-alunos-a-deixar-a-procrastinacao-de-lado/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *