Conexão Xalingo – Blog

Escolas Inovadoras

A inovação tem sido cada vez mais aliada para um ambiente escolar atraente e receptivo aos estudantes. No mundo inteiro há exemplos de que a inovação tem trazido excelentes resultados, e não somente nos países desenvolvidos e de primeiro mundo. Estes exemplos de escolas apresentam novos valores para o ensino e vão além dos modelos tradicionais de educação, dialogando com as questões e demandas da sociedade contemporânea.

Escolas sem sala, sem professores, sem provas. O colégio Fontan, que fica perto de Medellín, na Colômbia é um exemplo. Lá, o aluno decide quando vai estudar. O que não significa moleza, já que cada aluno é responsável pelo seu tempo, na hora de cumprir o seu programa personalizado de estudo. E mesmo com toda autonomia, existem tutores para ajuda individual, e uma vez por mês, pais e tutores se reúnem com o estudante para avaliar seu desempenho. Já quando se fala na opinião dos pais, a concepção é quase unanime: o formato tem sido um sucesso, já que as crianças se sentem independentes e entendem, desde pequenas, como funciona a vida.

Já na escola Studio School, em Bath, na Inglaterra, são os alunos quem decidem os projetos de estudo junto com os professores. Segundo David Nicoll, chefe-executivo do colégio, os responsáveis sempre tiveram a percepção de que as instituições convenciais deixavam os estudantes entediados, com dificuldades em se adaptar à realidade do mercado de trabalho. O conceito deles, então, foi criar um local onde os jovens pudessem seus próprios potenciais, e assim serem preparados e transformados em profissionais com competências. A Studio School tem provas, mas toda matéria é desenvolvida de acordo com os projetos escolhidos pelos alunos, que vão desde campanhas publicitárias até cultivar uma horta.

A especialista em educação, Anna Penedo, afirma que a escola consegue, assim,  oferecer um ambiente em que aquele aluno se encontra, descobrindo sua vocação e se engajando. O aluno Harry Kershaw diz que esse formato torna possível que ele possa fazer o que gosta, consequentemente lhe deixando muito mais feliz.

Nos Estados Unidos, mais especificamente na Califórnia, é onde a High Tech High está inserida. Lá, os alunos aprendem física, geometria, álgebra e geografia criando projetos de casas sustentáveis que eles mesmo constroem, vendo na prática conceitos que antes ficavam só na sala de aula.

Estes são só alguns dos exemplos de escolas inovadoras, mas que já mostram que a educação pode muito mais quando novas ideias são levadas em conta. E você: conhece algum outro exemplo de instituição de ensino inovadora? Comente abaixo!

 

Fontes:  Globo 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *