Conexão Xalingo – Blog

Genética no smartphone

Ensinar genética através de um aplicativo é fruto de um projeto de pesquisa vinculado ao programa PIBIC – EM, do CNPq. A equipe executora é composta por alunos do Curso Técnico Integrado em Informática, Campus Cajazeiras. O jogo desenvolvido é baseado em outro game educativo, o Serious Game, e auxilia na compreensão das Leis de Mendel, conteúdo básico de genética, no qual boa parte dos alunos sente dificuldade.

O aluno responsável pelo design de “Segundo Mendel”, Emídio José, explicou o funcionamento: “O game tem basicamente três partes: histórico sobre o Mendel, a primeira e segunda lei. Cada uma dessas partes tem teoria, curiosidades e prática. Nas curiosidades aplicamos a teoria a situações do cotidiano e a partir daí o usuário vai responder as perguntas do quiz e dependendo da quantidade de questões que acertar, ele ganha um troféu, que pode ser de ouro, prata ou bronze”.

A pesquisa bibliográfica sobre o assunto foi tarefa de Fernanda da Silva Vieira, que, no início, ficou assustada com o tamanho da responsabilidade, mas teve no trabalho um dos maiores aprendizados de sua vida. “Quando a professora trouxe a proposta do aplicativo eu fiquei até com medo, porque é uma responsabilidade muito grande fazer algo que vai ser usado e avaliado e pode ajudar outras pessoas. Agora eu vejo o quanto nós aprendemos”.

Já a aluna Beatriz Bezerra, foi responsável pela codificação do aplicativo,  e afirmou que o game serviu de certeza para caminho profissional que pretende seguir. “Foi uma experiência muito enriquecedora, principalmente porque deu pra perceber como os desenvolvedores trabalham de fato e ao desenvolver o aplicativo eu tive a certeza de que é isso que eu quero fazer na vida”.

“Segundo Mendel”, é fruto de um trabalho conjunto, e já é possível baixá-lo através de celulares com o sistema Android:

https://play.google.com/store/apps/details?id=org.test.segundomendel

 


Fontes:  
Diário do Sertão

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *